Volume
Rádio Offline
Redes
Sociais
Série de documentários revela os bastidores de sucessos da MPB
03/06/2019 16:02 em Novidades

Nas décadas de 1970 e 1980 era comum que uma banda formada por músicos desconhecidos gravasse toda a parte instrumental, para que o cantor apenas colocasse a sua voz.

Se a canção fizesse sucesso meu amigo, quem levava a fama era o artista principal, o cantor.

Foi assim em músicas como "Fuscão Preto", de Almir Rogério, "Feiticeira", de Carlos Alexandre e "É o Amor", de Zezé de Camargo e Luciano.

Você é da geração que escutou músicas do grupo Balão Mágico? Pois então, o autor de "Superfantástico", por exemplo, é um tal de Edgard Poças.

 

Na sequência fotos: capa do disco Balão Mágico, Edgard Poças e o jornalista André Barcinski

 

Com muitas curiosidades, histórias e humor, o documentário do jornalista André Barcinski faz um apanhado desses "famosos" desconhecidos.

Em entrevista ao jornal Folha de S. Paulo, Barcinski diz que "a ideia era mostrar os bastidores que quase ninguém conhece".

Você também irá rir com histórias sobre artistas brasileiros que eram imitações descaradas de nomes estrangeiros, no episódio "Os Falsos Gringos", além de conhecer o fenômeno dos "discos fantasmas".

Tratava-se de álbuns covers em que músicos e cantores imitavam artistas originais e que acabaram fazendo sucesso por conta da imitação.

 

Os três primeiros episódios da série serão mostrados no próximo dia 17 no CineSesc, durante a realização do In-Edit, festival de documentários musicais.

 

 

Da redação

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!